Arquivo mensal: dezembro 2013

Esta casa tem um nome : Altiva

Padrão

Acho muito interessante quando uma pessoa dá um nome a sua casa.

O nome deve traduzir o que aquela casa significa para a familia.

O que vamos mostrar aqui hoje é uma casa que tem um nome bem sugestivo dada a posição que ela ocupa em relação as outras do quarteirão: Altiva.

A Altiva se destaca por ser um sobrado, e ficar na parte mais alta do terreno, mas pra falar dela preciso primeiro contar algumas coisas a respeito dos seus donos, Odete e Saulo.

Conheci a Odete em 2009 lá no outro blog, o Coisa de Lilly, por conta de um comentário feito num post.

Respondi por e-mail, ela retornou e dai começou um bate papo gostoso e uma amizade de irmã.

Trocamos idéias e receitas, incorporei conhecimentos como o “perupatolinha” que fiquei espantada pois nunca tinha visto este prato ( um peru desossado, recheado com um pato desossado, com uma galinha desossada dentro, já imaginaram?) e que ela faz tão bem; e conheci um pouco dos costumes do sul, já que eles moram em Santa Catarina.

Quando Odete e Saulo compraram o sobrado, eles apenas deram um toque pessoal, uma pinturinha, limpeza e se mudaram.

Ela é um dinamo, não pára quieta um minuto  e desenvolveu varios projetinhos como o de desmontar todo o armario de aparencia  datada e fazer prateleiras ( já mostrada aqui), ou como esta mesa feita a partir de uma caixa de faqueiro, ou charmosos  banquinhos em madeira, ou ainda bordando lindos ( e imensos) tapetes.

E eles ainda são do tipo que catam cadeiras do lixo do vizinho, pintam e tranformam num ponto de atraçao na casa. Que colam tecidos em moveis e dão uma cara nova em tudo.

Foi só entrar setembro e  tanto Odete quanto Saulo se cansaram de projetinhos de final de semana e mandaram ver numa reforma que repaginou a cozinha e churrasqueira, trocou todas as janelas, redimensionou o vestíbulo e o banheiro da suíte, refez todas as calçadas, e pintou toda a casa tanto por fora como por dentro.

A reforma é grande e quando comecei este post já percebi que não caberia em um só.

Entao vou começar aqui com o antes e depois da cozinha e churrasqueira, que é de longe o local preferido do casal.

Era uma cozinha comum, e a foto mostra exatamente como estava desde que a compraram.

cozinha antes

Eles não queriam nada muito high tec, a intenção era dar um ar de aconchego, misturar o novo com o antigo e tambem  reaproveitar o que pudesse.

Na Altiva a cozinha é o coração da casa. A parede que  separava a cozinha da sala já nem existe mais , pois é ali que o pessoal se reune enquanto a Odete prepara os complicados pratos alemães que serve pra turma.

Então nesta primeira foto já vemos que o espaço foi bem aproveitado com um balcão em L em granito branco Dallas. O revestimento antigo e branquinho foi tirado  e a parede recebeu massa e pintura.

Uma placa de eucatex perfurado branco ( ou pegboard) mantem colheres, fouets, e outros utensilios bem a mão.

Na parede da janela uma ceramica (cedasa) com estampa de ladrilho hidraulico, linda, eu adorei.

cozinha depois 1

O paneleiro de ferro mudou de parede. Agora ele fica perto do carrinho de temperos.

Parece muito tempero não é? Mas ela usa todos, e muito bem!

cozinha depois 3

O piso era ceramica na cozinha e na sala ao lado, de pedra. Tudo foi recoberto com piso vinilico Ecovinil da HG ( segundo a Odete é muito confortavel e dá pra andar descalça agora)

Lembram do armario datado que teve as portas arrancadas e virou prateleira?

Saulo insistiu que ele tivesse o fundo pintado em vermelho o que acrescentou calor e cor ao ambiente.

Eu adoro prateleiras, mas elas só dão certo em casa de gente muito organizada como é o caso da Odete…se voce adora uma baguncinha, esqueça.

cozinha depois 2

Nas fotos abaixo dá pra ver como a sala de Tv e cozinha são integradas.

cozinha sala 1

Nas paredes foi usada a tinta Suvinil Cinza Crômio…é um cinza suave, quase prata.

cozinha sala 2

Este sofá (era beginho) tambem recebeu uma forraçao nova em linhão cinza e combinou super bem com  poltrona e o puffe e os novos tons da parede.

E esta foi a cozinha ( tenho mais fotos, ficou dificil escolher, todas estavam otimas!)

Lá fora tinha uma velha churrasqueira; ela  foi demolida, mas seus tijolos refratarios foram aproveitados no interior da outra.

churrasqueira antes

A nova churrasqueira  foi uma solução que o casal encontrou por não curtir churrasco de espeto e sim os grelhados.

Então, com inspiração nas chamadas churrasqueiras de tambor, criaram esse modelo de tijolos, com tampa de metal forjado, podendo assim, ter uma altura maior (90cm), mais adequada à altura do churrasqueiro.

A pia foi reaproveitada da cozinha. O piso da área da churrasqueira, bem como de toda a área externa é um antiderrapante PEI 5 da Cerâmica Viva.

churrasqueira depois

No frontão da pia ela usou ladrilhos hidraulicos em tons de azul.

Um detalhe dos ladrilhos hidraulicos:

detalhe do ladrilho

Que linda ficou esta paginação!!!

A reforma toda durou 3 meses e nela foram usadas soluções que visavam tornar a casa a cara dos moradores.

Anúncios

hello! de volta!

Padrão

eyespessoas lindas que não me abandonam nem quando eu dou um tempo de blog, eu preciso retornar às postagens!!

nos ultimos meses eu estava ocupada com cursos.

fiz um de coaching que me deixou muito feliz e pretendo me dedicar mais ao assunto.

e tambem li muito, retornei às caminhadas ( duas vezesinhas na semana e só, nada comparado aos sete dias por semana de antes)  mas todos os projetinhos relacionados à minha casa ficaram no final da lista.

e eu tenho os posts na cabeça, mas preciso me organizar ( acho que vou contratar um estagiário), preciso falar das cortinas que coloquei no quarto dos meninos e que resultou num conforto imenso, pois elas tem blackout.agora o quarto fica  escurinho e fresco e em compensação a galerinha quer dormir ate tarde.

vou mostrar uma  casa que passou por uma reforma rápida e com um resultado de capa de revista.

é a casa de uma leitora e amiga do cuore e voces vão gostar muito.

tambem ando enrolada com uma parede do quarto do menor que vai ganhar uma arte do Estudio Giclée…falta a foto do “antes”, falta medir a parede, falta escolher a estampa…falta tudo! 

e alguns andaram reclamando que as postagens de 2012 e 2013 desapareceram… mas eu verifiquei e dá pra consulta-las  por mes.

talves eu tenha que editar tudo…sei lá…se der trabalho acho que vou precisar mesmo de estagiário, kkkk

que mais? dia 7/12 fez dois anos que quebrei a perna e mudei totalmente meu jeito de ver/viver a vida.

ando mais lenta, o que é bom, me fez prestar atenção no que antes eu passava como um trator por cima.

continuo fazendo muitos cursos ( a maioria online) e encontrando meu caminho…e percebendo que muitas daquelas  coisas eu ja fazia a muito tempo, mas com outro nome: amizade.