o fator “quandofor”

Padrão

voces já conhecem o fato “jaque“.

” jaque estou trocando este piso vou derrubar esta parede” , ou ” jaque estou pintando aqui vou pintar lá tambem”

o jaque é sempre um efeito positivo: ele sempre significa uma AÇÃO.

a gente pode até se arrepender dela depois, tipo assim, quando uma reforma de 6 meses se transforma em algo de 5 anos, mas isso já é outra conversa.

já o fato “quandofor” tem um aspecto bem negativo; é a inércia pura, é a falta de vontade ou de coragem pra começar uma açao que é necessária.

no “quandofor” voce vai empurrando com a barriga até a culpa ir te corroendo devagar.

“quando é que a gente vai pintar este muro que descascou?…”ahhh quandofor fazer uma textura na varanda…

“quando é que vamos trocar este piso manchado? …ahhh quandofor colocar opiso da garagem, já faz de uma vez.”

então tá hein?

só que quanto mais voce demora pra fazer aquele reparo ou conserto maior é a diferença entre a area trocada/reparada e o resto.

porque a tinta desbota e o piso escurece.

e voce acaba tendo que pintar uma parede inteira pra não dar diferença.

e o piso trocado fica ali, parecendo uma camisa lavada com OMO no meio de 4 camisas lavadas com Rinso ( esta só vai entender quem tem mais de 40).

então foi o que aconteceu aqui: a faxineira trouxe uma “garrafada” de  um produto que limpa que é uma beleza segundo ela.

só que o tal produto até derreteu a garrafa em que veio.

duas gotas desta oitava maravilha cairam bem no meio da minha cozinha e a mancha branquinha de inicio se tornou cinza e depois grafite.

aproveitando que o seo Cordeiro estava colocando o piso na garagem, resolvemos trocar o piso danificado.

tirar aquele (um só) porcelanato rejuntado com epoxi foi o Ó, fez um pó do caramba e um barulho dos infernos.

o resultado: um piso beeeeeem clarinho no meio da minha cozinha, que segundo o seo Cordeiro em alguns meses vai escurecer e CHEGAR no tom dos outros.

ou não, sei lá.

conseguiram ver o piso claro?

bem, toda hora eu vou ver se ele já CHEGOU…

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.

»

  1. Nossa aqui aconteceu igualzinho!!! Tinha um limpa pedras para área externa que a ” fofa” não me ouviu e usou no porcelanato, que simplesmente removeu o brilho que ficou , branco, cinza e encardido que agora só fica branco quando a cozinha é lavada!!! Troquei umas 5 peças das 10 que estragaram inclusive com o círculo do balde😦 . Vontade de um dia passar um granilite por cima do piso inteiro…mas quando for…

  2. Olá! No mês de julho comecei a ler o teu blog (desde o primeiro post) e hoje, 08/09/2012, ás 16h15,acabei de ler o último. Estou com um buraco dentro de mim, pois percebi que a tua produção atualmente está muito menor do que no auge da reforma! Será que vou ter que esperar tantos dias por um novo post, assim como o tempo que passou entre os dois últimos? A minha reforma começou em julho e eu espero que até o Natal consiga me mudar, embora ainda falte tanta coisa! Beijos e obrigada por todas estas dicas maravilhosas. Com certeza vou aproveitar muitas das tuas idéias. Obrigada também por me fazer companhia em alguns momentos destes últimos meses, embora tu nem me conheça. Até a próxima.

  3. hey querida, realmente esse estado de inercia não faz bema ninguem! Condicionar nossas ações só nos faz estagnar!!
    De qualquer forma, acho que foi melhor ter trocado o piso danificado mesmo, esperar só faria diferença ser maior!
    Vou tentar ser mais “jaque”! Bj!

  4. Nossa, parece que escreveu o post para mim, mas já sei que muitas irão sentir o mesmo…kkk
    Adorei, o “jaque” na construção ele esta muito presente e o “quandofor” é parte da realidade pós mudança.
    Lili, qdo me mudei o porcelanato da minha lavanderia estava todo encardido, pois era caminho de entrada dos pessoal da obra e chovia e secava aquela lama em cima, tentamos de tudo e achei que iria ter que trocar tudo, pois estava horrivel, e tinha uma peça novinha que a porta estava pegando e foi trocada, então resolvi usar um limpador de porcelanato pos obra, a marca é Ducatto e salvou meu piso, nem acredito, foi meio milagre, testei em uma peça no cantinho, e depois apliquei na lavanderia toda. Pode usar tranquila que faz milagre, e pode diluir bem mais do que o fabricante recomenda. Hoje não sei mais qual peça foi trocada.

    Bjs querida.

  5. Putz, Lilly, eu sou do “jaque”, maridão já tende pelo ” quandofor”…Sei bem o que vc está dizendo, estou enfrentando alguns dilemas desse tipo aqui em casa também! Boa sorte no seu piso. Beijos, Helka

  6. huuuummm aqui em casa vivemos os dois lados… o jaque faz com que tenhamos mais projetos que o planejado, o que leva outros projetos a serem feitos quandofor…
    Adorei o post.
    Mas não gostei da história piso claro. Eu, neurótica, só fico olhando pra esses detalhes aqui em casa. Surgiu um arranhão no meio da cozinha, que agora tem toda a minha atenção…affff….
    Espero que o seu Cordeiro tenha razão e que ele escureça, ou que pelo menos vc seja menos neurótica que eu pra conviver bem com ele, que provavelmente, deve passar despercebido pelas outras pessoas…

    Beijocas

  7. OI amore,
    Tô tão acostumada com isso, que voce nem sabe….e o pior, é que esse jeitinho brasileiro, sai de minzinha da Silva MESMO !
    Eu to sempre propondo um caminho mais curto….e acabo me estrepando.
    Caiu que nem uma luva sua “elocubração” em mim. Serviu a carapuça.

    Beijokas
    Paula Kasas

  8. Olá como vai ,vim fazer uma visita no seu cantinho e convidar vc para fazer uma visita
    no meu blog e se puder ser seguidora ficarei feliz
    http://www.vivendoartes-aleartes.blogspot.com.br e se vc tiver face pode me convidar neste perfil
    ficaria muito feliz de ter vc como amiga
    http://www.facebook.com/vivendoartesII
    caso vc queira dar uma espiadinha também tenho uma lojinha virtual
    http://www.vivendoartes-aleartes.com.br
    fico esperando por vc
    até mais

  9. Que dureza hein Lilly!
    Acho que eu passaria a vida toda com o olho colado naquele único detalhe que o mundo inteiro já não vê.

    Saudades de seus posts que tanto me ensinam quanto divertem, enquanto espero a entrega da minha casinha que nunca acontece – era abril, depois julho, agora outubro, eu já tô apostando em janeiro de 2013.
    …E tudo continua tão, tão distante. Ai, ai!!!

    Bjos querida!

  10. o ‘jaque’ e o ‘quandofor’ estão presentes não só nos dias de reforma mas em toda a minha vida. jaque eu vim na farmácia me pesar, vou comprar uns remédios… faz parte de uma empolgação que acaba com o ‘quandofor’ que vem logo em seguida. rs

    Mas o pior de tudo mesmo é quando começa a arrumar uma coisa e quebra outra, ou o vai e vem de pedreiros acaba atrasando ainda mais, mas encontrei um infográfico que ilustra bem a minha tristeza em época de reforma: http://www.desentupidora18doforte.com.br/imagens/infografico-sobre-desentupimentos-desentupidora-18-do-forte.jpg

    Dores de cabeça a parte, adorei o post!🙂

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s