Arquivo do autor:coisadelilly

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.

Um apartamento atual

Padrão

Eu vi esta reforma no site do Escritório de Arquitetura INÁ e estou colocando aqui pois tem um trabalho muito bacana do Robson ( Bancada de Concreto)

a área da cozinha foi delimitada pelo ladrilho  cinza e preto.

no resto, piso de tacos de madeira
conceito aberto 1

vigas aparentes dão o toque industrial

couro, tapete natural…texturas rusticas

conceito aberto 2

azul na cozinha.

no backsplash, ladrilhos branquinhos, o subway tiles ( azulejos de metrô)

conceito aberto 3

estantes: de cubo e de aço…

peças de escritório que ficam bem na sala

conceito aberto

A bancada de concreto foi feita pelo meu amigo Robson (facebook.com/bancadadeconcreto).

Estou ficando fã do escritório Iná.

O Estilo Escandinavo

Padrão

De vez em quando surge uma tendencia que vira FEBRE.

Moda, comportamento, comida, estilo de vida, não importa o assunto: se ele foi citado em algum blog famoso, saiu na revista ou na TV, todos vão atrás de aprender um pouco sobre o assunto.

Em decoração as mudanças são tantas e tão frequentes! Estampas, texturas, objetos de desejo…

Aqui no Brasil o povo exagera um pouco na mão, e eu já vi uma pessoa que se desfez de todos os móveis pra trocar por pallets!

Hoje deve estar bem arrependida…

O querido da vez é o estilo escandinavo, ou nórdico.

Ele ja se faz presente a muito tempo. Ve-se um pouco dele no estilo minimalista

Ele caminha lado a lado com o estilo industrial também.

O que não se pode achar é que ele é novo, afinal ele esta ai desde que existem os paises escandinavos ( brincadeirinhaaa).

Falando sério: a principal caracteristica de um ambiente decorado ao estilo escandinavo é a luz. Muita luz natural.

Países como a Dinamarca, Suécia, Noruega, Islandia e Finlandia são frios na maior parte do ano.

Enquanto temos sol demais no Brasil, e precisamos de cortinas pra amenizar um pouco o calor que vem de fora, lá  as janelas são grandes para aproveitar o que podem do sol.

As cores mais usadas são o branco, preto, cinza ( todos os 50 tons…) o cru, bege e tons pasteis.

O rosinha e o azul desmaiados  que em 2016 se chamam quartz e serenity, colorem de leve o ambiente.

Pisos claros, em madeira ( eles amam e valorizam a madeira, ao passo que aqui arrancam metros e metros de tacos pra colocar porcelanato), ou mesmo piso cimenticio.

Metais: o brilho do aço cromado ou escovado, que ultimamente vem sendo substituido pelo cobre.

Madeira, linho, lã, peles, pedras como granito e mármore são elementos muito usados.

Vamos ver umas fotinhas que o pessoal gosta mesmo disso:

uma cozinha:

notem como os moveis brancos e o ambiente destralhado dá impressão de limpeza.

cozinha-escandinavo

o preto pontua muitos ambientes

cozinha-estilo-escandinavo-1

plantas!

naturais ou não elas tentam trazer cor e alegria pra dentro de casa.

esccinza: sempre presente

esc2

o banco antigo como centro de mesa:

como eu disse eles dão valor a moveis feitos de madeira e inserir um objeto antigo ou vintage é comum deste estilo.

escandinavo

bancada em madeira…e o piso tambem!

cozinha-estilo-escandinavo-2

couro, sempre em evidencia tambem.

escandinavo 4tapetes: não podem faltar pois dão aconchego.

escandinavo2

o famoso tapete listrado: aqui todo mundo anda se estapeando por um deste.

escandinavo 1uma sala linda

escandinavia

na sala de jantar o pelego  aquece e traz conforto.

pessoal anda louco atras disto aqui no Brasil, compram o sintetico na Elephant.

escandinavo 5

no backsplash da pia, os tijolinhos de metro, os subway tiles.

Um parenteses: nos anos 60-70 se usava deste tipo de revestimento em todas as cores com o nome de vitrificado.

ele caiu em desuso pois riscava demais.

voltou, repaginado e mais resistente.

escandinavia 1

piso e móveis em madeira rustica … cadeiras em metal

escandinavo 6

lindo!

escandinavo 8

um espaço minusculo se transforma em quarto

quarto-escandinavo-audrey

um dos meus ambientes preferidos

escandinavo 9

pensando bem, acho que é este!

escandinavo 10

um quarto claro

escandinavo 11

tijolos aparentes

cozinha escandinavo

preto e branco na sala de jantar

escandinavo sala jantartons pasteis dão uma corzinha

esc 4

uma sala de almoço com uma vista espetacular

sala almoço

aconchego

quarto-estilo-escandinavo-3

mantas e almofadas: necessárias!
estilo-escandinavo

linhos rusticos

quarto estilo escandinavo 2

Este estilo é lindo, elegante, refinado.

Muito difícil não gostar dele…Combina bem com gente descolada, em apartamentos masculinos…

Mas não vamos nos esquecer que moramos em um país tropical e que as nossas condições são diferentes dos países nórdicos.

Antes de se jogar de cabeça num estilo de decoração e sair trocando tudo pergunte-se se ele combina com voce.

E vá devagar.

De repente, só as paredes brancas e um sofá cinzinha ja te fazem feliz.

Beijo! ♥

 

O Estilo Industrial

Padrão

Eu sou de uma época em que os estilos (de decoração, moda, comportamento) eram bem travados.

Eu ainda não era muito antenada com o assunto, mas  me lembro bem que quando os móveis retos deram lugar aos sofás gordinhos, todos se livraram correndo de seus moveis antigos.

Jogaram fora mesmo! Sem dó! E abraçaram correndo a “nova moda”.

Quando íamos na casa de alguém  que ainda insistia nos moveis dos anos 70, dizíamos, “nossa, aquela casa é CHEIA DE MOVEIS VELHOS…”

O que se usava era o que “estava na moda”.

Se estava em uso, e não não estava na moda era “cafona”, que depois virou “brega”…e que depois virou “kitsch”.

Os últimos anos foram bem interessantes em relação à moda e decor; objetos e móveis antigos foram resgatados.

E aí cafona, brega e kitsch ganharam o nome de vintage.

Foram inseridos ao contemporâneo e hoje podemos dizer que muitos estilos convivem numa boa, deixando os ambientes mais com cara de casa de verdade, do que com fotos de revista ou pior ainda,  catalogo de móveis .

Cada vez mais, casas com a cara da pessoa e não o reflexo do “que se esta u s a n d o “.

Um dos estilos que eu mais gosto é o industrial.

Apesar de não ser um estilo novo, de vir lá dos anos 50-70, com a transformação de espaços comerciais, garagens e galpões em lofts, agora ele reaparece ligado às novas tendencias.

Tubulações, vigas estruturais  e tijolos aparentes, piso rustico e às vezes até manchado, trilhos de iluminação, concreto, cimento queimado e madeira.

É o que você vai ver neste estilo que eu acho jovem e prático.

 

Uma das vantagens do estilo industrial é poder usar material reciclado  junto a acabamentos de ponta o que se encaixa no conceito high low.

A seguir fotos de um apartamento neste estilo;

O cinza é a cor predominante, sempre.

estilo industrial 1

Sofá de couro…piso em cimento queimado.

estilo industrial 2

achei a parede com tijolos parentes demais!

estilo industrial 3

madeira de demolição na parede

estilo industrial 6

olhem o detalhe desta cabeceira…e a luminária de canos de ferro

estilo industrial 7

o banheiro.

estilo industrial 8

o home office… as paredes descascadas dominam o ambiente…

estilo industrial 5neste outro apartamento (casa e jardim) a mistura do industrial e do vintage está bem forte

olhem os ladrilhos hidraulçicos no piso!

e o livreiro e cristaleira na cozinha

ap industrial 1

ap industrial 2

vigas aparentes…mesas de centro em concreto, iluminação de trilho…

ap industrial 3

o piso é em ladrilho e madeira

ap industrial

couro, madeira, moveis de design

ap industrial 5

o quarto fica sobre um base de madeira e uma parede de cobogós o separa do banheiro

ap industrial 7 qto

ahhhh os ladrilhos metro white, ficaram famosos nao é?

ap industrial 8 wc

uma bancada de concreto forma o home office dentro do quarto.

ape industrial

o lavabo luxuoso, com azulejos marrons, pia de coluna e espelho de penteadeira.

eu amei…♥♥♥♥♥

ap industrial 6♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥♥

Eu gosto mesmo do industrial.

Nem que seja uma luminária, uma peça de cimento ( ja viram as mesinhas?) ou o projeto todo, quem opta pelo industrial fica satisfeito com a aparência descolada e moderna.

Ahhhh, sempre vai ter alguem que não entendeu o que voce fez e vai perguntar:

_por que você não rebocou os tijolos? ou…

_ficava muito caro embutir os caninhos da fiação eletrica na parede?

Não esquenta ok??? Podemos nos arrepender das escolhas.

Ou não.

Sala Bacana

Padrão

Com as casas e apartamentos menores, fica bem dificil usar sofás de tres e dois lugares.

Eles ocupam um espaço enorme, atravancam o ambiente.

As poltronas substituem bem o sofá de dois lugares

eames

Tambem…uma Charles Eames…

Eu nem precisava de mais nada em volta.

Ah tá! So o cachorrinho!

Banheiro novo, com jeito antigão

Padrão

Já perdi a conta de quantos banheiros reformei na minha vida e a maior preocupação era sempre : que piso e que revestimento de parede SE COMBINAM???

O piso é bege, o revestimento de parede é um beginho tambem, as louças no tom biscuit e as pastilhinhas são ton sur ton, e o banheiro ficava assim:

banheiro-reformado

Bacaninha não é??? Com aparência de limpo e fresco, clarinho, fácil de manter, etc…

Todos os meus banheiros foram assim até hoje, beginhos pra fugir do branco total, com faixas de pastilhas coloridas. Sempre gostei assim.

Mas tenho visto banheiros que fogem do combinandinho, e que fazem muito mais a minha cabeça agora.

Como este abaixo:

banheirovi no blog Dele e Dela

Antes e depois…eu adoro!!!! De mesinha detonada a uma peça linda e moderna.

Padrão

Por que conviver a vida inteira com um móvel que você ja enjoou?

Aquelas cadeiras da área, a mesinha lateral, o criadinho do quarto…

Já pensou em tacar tinta e correr pro abraço?

O problema é : “hummmm, tenho um meeeeedo de estragar…”

Primeiro, você não vai estragar nada que já não esteja estragando o seu dia. Por que olhar a peça todo dia e querer troca-la, e não ter tempo, ou dinheiro, é bem chato.

Segundo, se não der certo ( mas vai dar!) você repinta

Eu achei este exemplo bem fácil ai abaixo, de uma mesinha me-que-tre-fe…

mesa lat antes

que foi pintada e virou isto!

mesa lat depois 1

“ahhhh, mas como faz?” ou “adorei, por onde eu começo?” ou “ahhhh mas dá um trabalhoooo”

Gente, é impensavel numa época como a de agora em que TUDO tem PAP no youtube, ouvir perguntas assim…

Eu quando quero fazer alguma coisa,  meto a cara, mas se não sei, vou no youtube dou uma sapeada, e adapto do meu jeito.

A melhor forma de começar a peça é lixando para tirar o verniz e a tinta pegar. Mas agora existe o pulo do gato que é a tal tinta batida de pedra.

Esta tinta emborrachada era destinada a pintar o interior de latarias de carros, mas o pessoal criativo descobriu que aplicando sobre qualquer superfície dispensava a lixa.

Então tá!Facilitou né?

Quer lixar, lixe, passe o primer, conserte a superfície com a massa acrílica, lixe de novo, pinte …

Ahhh, não quer lixar?  Passe duas demãos da batida de pedra, de uma lixadinha, pinte com a tinta que voce quiser.

E não se fala mais nisso.

O resultado é uma peça bacana feita por você, que vai lhe deixar super orgulhosa e com vontade de fazer mais ainda!

o detalhe da linda:

mesa lat depois