um longo devaneio seguido de uma pergunta

Padrão

depois do milésimo post lá do Coisa de Lilly, quando eu publiquei uma foto “so shabby“do keith entre lençois bordados, me deu uma saudadinha e voltei a visitar aqueles blogs escandinavos que mencionei.

fiquei olhando as fotos e minha cabeça trabalhando a 180 por hora como é de costume.

e fiquei aqui pensando: porque será que por lá as pessoas ficam entupetando as casas de enfeitinhos e babadinhos?

tudo parece tão lotado…

vejo uma bancada de cozinha como esta abaixo, cheias de potes  e acho lindo, mas tambem penso como gosto de ver as minhas bancadas limpas e sem nada em cima

ou vejo em cada canto estantezinhas com quinquilharias, quadrinhos, penduricalhos…

jarrinhas com cara de coisas que a minha avó tinha ( ou seja, coisa  véia mesmo!), almofadinhas floridas e de coraçõezinhos.

vasos cheios de flores do jardim da casa, e eu percebo que agora sempre que saio na rua com a Loba, pego florzinhas da calçada e coloco naquele açucareiro antigo e sabem o que acontece?

no dia seguinte elas morrem!

e eles tem um jeito bacana até de marcar o numero da casa:

aquele povo tambem cozinha e tira foto das comidas…

então em meio a xicrinhas brancas e potes antigos vemos os macarons, os paes, e geléias.

esta moça, a Mia da Lilla Blanka fez geleia de ruibarbo.

r u i b a r b o !!! o que será isso? fui pesquisar o que é  e dizem que parece com a taioba ( que se parece com a couve, e é como a magda cotrofe que parecia com a luiza brunet …mas a luiza é a luiza e a magda é quem messssm?) e que tem cheiro de maçã ( o ruibarbo e nao luiza e magda).

se tem cheiro de maçã já comecei a gostar da tal folhagem.

e se voce mora aí na zoropa ( oi Liliane minha sobrinha, vá correndo comprar ruibarbo!) pode comprar um maço por menos de um euro e fazer uma tortinha com ele.

ahhh e as casas são brancas e os moveis tambem são brancos e levemente desgastados, há até leves toques de outras cores, mas são cores lavadas, desmaiadas.

há peças em ferro (sempre com aspecto velhinho e enferrujado, claro) por todos os cantos…

e eu pergunto ( ahhhh finalmente eu páro de devanear e vou fazer a tal pergunta):

porque este povo escandinavo se dedica a este tipo de decoração?

nào dá a impressão de que eles ficam assim, pensando: hummmmm esta mesinha com estes jarrinhos, hj vou encher de xicrinhas com perolas dentro e  fotografar…

ou que ficam catando coisas velhas na rua e enchendo o a casa de cacarecos?

aqui onde moro um movel descascado é sinal de pobreza e da vez que eu trouxe um trem véio ( do you remember da janela que virou espelho? ) ahh  mr husband quase me esfolou… ainda bem que deu certo e deixou o hall lindo senão eu estava ouvindo a ladainha dele até hoje.

na verdade pípol, acho que eles se dedicam as casas pois o inverno lá é rigoroso, então não tendo este solão e calor que temos aqui  pra curtir, eles ficam lá em seus cantinhos shabbys, brancos e aquecidos desenvolvendo seus talentos.

que vão de enfeitar a casa a cozinhar, tudo devidamente fotografado.

opa, é impressão minha ou eu respondi o que eu preguntei?

anyway, a categoria deste post é filosofando blá blá blá…e o que é a filosofia senão isso que fiz não é?

mas ainda assim quero ler o que voces acham disso.


Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.

»

  1. Miguinha,
    Também amo esse estilo… Mas na minha opinião eles exageram na quantidade de “entulhos”.
    Eu gosto de colocar um detalhe shabby na decoração, que faz toda a diferença.
    Quanto ao ruibarbo, acho que já o vi na feirinha da Liberdade. Vou lá espiar novamente e se encontrar, prepararei uma tortinha deliciosa, fotografo (como faz esse povo que vc falou) e mostro procês….

  2. Confesso que naum gosto naum…acho muito fofo, desde que não seja em meu habitat** Prefiro um visual limpo, sem quinquilharias, e as que tenho (e são poucas) tem lugar de destaque**

    Ahh…conheço o tal “Ruibarbo” e garanto: é horrível!!!!a geléia então…deve ser PAVOROSA!!!ele é amrgo e minha nona me obrigava a tomar quando ficava doente, aff uma tortura que me lembro até hj kkkk. bjin.

  3. Lili ADOROoOoOo qnd vc esta filosofando me pego rindo na frente do pc … seus ultimos posts estavam otimos … eu axo moveis antigos, reformados lindos esse tipo de decoração é bacana mais realmente da a impressão q foi só pra fotografar será q no dia a dia fica tudo tão organizado ? e aki em Brasilia esses moveis reformandos tb é encarado como coisa veia …

    bjus

  4. Tudo o que é demais enjoa. No entanto, gosto é gosto, ne?
    tem doido pra tudo,eu ja teria derrubado tudo isso com minha delicadeza…
    Ou então por la não tem muita poeira, ja pensou tirar todas essas quinquilharias pra limpar? Na segunda semana ja tava encaixotado!

  5. Lilly, acho que é porque todas essas coisas cute-cute “aquecem” a casa em países onde o inverno é muito longo. Também acho que eu enjoaria, até gosto (muito) de toques pessoais na minha casa, e os tenho em boa escala. Mas ali já estava demais mesmo. Imagino só o pó que tudo aquilo acumularia…

  6. Filosofia é sempre muito bom para a alma, quanto aos ambientes gosto dos móveis antigos, mas acho que é tudo demais, muita informação, eu não curto este tipo de ambiente, o clean me chama mais atenção, sou da teoria de menos é sempre mais…bjs

  7. Oi, Lili querida!
    Saudade. Tudo bem por aí? Curtindo suas férias-em-prol-da-casa-nova? Espero que sim. Quanto a sua perguntinha “por que este povo escandinavo se dedica a este tipo de decoração?” creio que eles acordam bem-humorados e dizem para si mesmos: “Hoje eu vou fazer uma decoração entulhada de coisas, fotografar e por na internet”. Deve ser mais ou menos como o povo aqui de Sampa, que acorda mal-humorado e diz para si mesmo: “Hoje eu vou dirigir feito um debilóide e atrapalhar todo o mundo no trânsito”. Certamente deve haver alguma coisa estragada na água dessas cidades.
    Beijos

  8. Olá. Tudo bem? Coisas lindas né? Mas não pro meu gosto. Prefiro um ambiente mais clean.Nada de muito cacareco.Moveis lascando? Tá na hora de adquirir coisas novas. Beijos Renata.Ah….lembra que perguntei sobre as suas cadeiras de varanda? Consegui encontrar aqui(Brasilia) por um preço bem legal.Beijos.

  9. KKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!
    Ate quem fim,alguem que pensa igual a mim.
    Tbm amo esses coisinhas e acho-as lindas,
    mas sera que sobrevivem nesse mundo real????
    Bjus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s