Arquivo mensal: setembro 2010

armario de cozinha

Padrão

Quem viu os primeiros projetos que o Paulo fez para a minha cozinha viu que eles tinham armarios superiores.

Por falta de, ahammmm, T E M P O  ( mentira …de $$$ mesmo!) nós só fizemos a parte de baixo dos dois balcões e quando tivermos mais tempo… faremos o resto.

Mas hoje eu vi este armário…que amei.

Tudo bem que ele tem aquele lance das partes inacessiveis a menos que eu tenha 1,89 e use salto de 15 cm, mas eu gostei da cristaleira ( não parece a da Jane?) e da prateleira embaixo pra mostrar a coleçao de qualquer coisa que eu tenha.cá entre nós, ter coleções não é a minha cara, pois eu acho que é o tipo de coisa que numa cozinha engordura, junta pó…

entao …eu não tenho coleção de nada…

ahhh lembrei!  eu tenho canecas!

os leitores estão dando o tom da conversa por aqui…

Padrão

pois é: quem começou a reformar bem depois de mim, acabou a reforma, está mandando as fotos e eu estou publicando…

eu nem tenho falado da minha obra ( pra que nao é? passar nervoso?), mas fico feliz que voces estejam com a casa em ordem.

ontem eu estava na obra de manhã e falei para o piscineiro: hoje a mudança parece estar tao longe…

é assim que eu sinto.

casa de leitora : o sofá da Sandra

Padrão

A Sandra Bartocci é de Ribeirão Preto, como eu.

E voces sabem como o povo de lá é …gente fina, boa e bacanérrima! (cof, cof…)

Bem, sabendo que uma das minhas combinações preferidas é marrom e turquesa, ela me mandou fotos do sofá novo.

atenção para o detalhe das almofadas de flor, que eu simplesmente amei… e que combinam com o meu sofá tambem!!!

eu quero, eu quero, eu quero duas destas de flor!!!!

vou ter um treco se eu não tiver…

 abaixo, o tom do meu sofá da sala de TV…não fica legal?

banco tam tam

Padrão

este é o banco Tam Tam. Da Benedixt, por 150 e tantas pilas…

apesar da aparencia mUderninha, ele é bem velhusco, acho que da década de 20, mas vou confirmar pra nao falar besteira.

mas eu me lembro que na minha infancia de menina pequena lá em Ribeirão Preto, eu via muito deste banco ou banqueta sei lá, fabricado pela Marfinite.

que eu acho que este fábrica nem existe mais…

e segundo minhas amigas antenadas,  na tok stok tem o  banco Tam Tam genérico por R$ 32,90.

Na verdade a Dudinha (psicodegenerativa) pagou R$ 29,00 numa promoção, fato que faz dela uma pessoinha detestavel.

alem de cozinhar bem ainda compra om que EU GOSTO na promoção. To de mal.

casa de leitora: antes e depois da sala da Sam

Padrão

A Samantha, que já mostrou aqui como transformou o banheiro de empregada em closet, mandou agora um antes e depois da reforma do ape dela.

Primeiro a sala: a transformação foi geral. O piso foi trocado, a porta da cozinha foi retirada passando para a lateral, e no lugar da porta antiga foi colocado um passa pratos. Hoje ele está aberto, mas no futuro se a Sam achar que expõe muito a cozinha, ela pode fecha-lo com uma janela no mesmo sistema da porta camarão.

Aqui, o ANTES

E  o DEPOIS!

Pisos novos, maiores e claros, as paredes são na tonalidade Branco Prisma da Coral, que segundo a Sam é” meio beginho e meio cinzinha, dependendo da luz” .

Eu sei o que a Sam quer dizer, pois o Duna da Suvinil tem a mesma caracteristica: lá na Estoque Tintas, as paredes que tem o pé direito alto, resultaram num bege lindo, tanto que as portas foram feitas em X-113, que é beginho.

Mas na minha casa ficou cinza, isso porque na composição do Duna entram muitos pigmetnos pretos.

Já a parede do balcão em destaque é Amaranto Seco, tambem da Coral.

os móveis dela são todos em madeira escura, imbuia, e ela está pensando no que fazer: se apenas lixa para clarear ou se dá uma pátina em tudo.

Eu sou pela pátina em alguns moveis; os outros ela mesma pode lixar com lixa fina 220 e passar seladora e encerar.

Agora o corredor dos quartos: o ANTES

DEPOIS: o branco prisma, o gesso, e portas brancas.

as portas claras deram uma leveza ali não é mesmo?

casa de leitora

Padrão

Hoje eu conversei um monte com  a Darlene. Da parede marrom, lembram?

Ela é uma moça com um super alto astral, alem de linda, e mora em BH.

 Eu pedi para ver a parede da discordia e ela me mandou as fotos da sala que, segundo ela dá depressão; e querem saber?

 Darlene exagerou. Ela está se cobrando muito pois é a primeira casa que ela decora, e ela começou com uma boa base:  Primeiro que a sala tem moveis de boa qualidade: sofá de ultrasuede em linhas retas, moveis contemporaneos misturando madeira e laca preta; segundo pela cor da tinta, Cobre Lenda da Suvinil: esta cor vai pegar. O piso em madeira tambem é lindo.

Adorei as almofadas de flor que foram feitas por ela!

Eu tiraria as almofadas marrons que ficaram muito no tom do sofá e colocaria…turquesa!!! isso mesmo… ela precisa de um toque de azul pra clarear e animar a sala.  Eu tiraria estas almofadas pretas e vermelhas tambem.

 Podem ser colocadas em outro canto da casa. Esta cortina cinza nao está mais aí; ela disse que substituirá por outra, que pode ser bege. Ainda bem  pois o cinza destoa do tom quente do cobre.

E aqui, a parede marrom, uma escolha do marido dela. Querem saber? Eu gostei. Não é marronzão…o nome da tinta é Cogumelo Japones, e lembra mesmo o cogumelo shitake.

talvez o painel do rack tenha escurecido a parede…o que acham?

eu nao sei se é possivel trocar o rack para a parede mais clara deixando um dos sofás na parede marrom…mas geralmente alí atras do rack já está toda a fiação necessária.

Mas ela pode colocar almofadas bacanas nestas tonalidades:

e velinhas, caixinhas estampadas, bowls ou vasos…

sugestao pra a mesa preta: de uma olhada na arrumação nas mesinhas deste post

casa de blogueira: a cozinha da Jane

Padrão

Para quem seguiu toda a estória envolvendo a cozinha da Jane, desde a encomenda com a primeira loja onde tudo deu errado, até ela encontrar uma empresa idonea que entregasse o que ela sonhava, agora pode ver o final feliz!

Ela acabou de postar lá no Casa & Reforma a nova cozinha executada pela Oriente Moveis, aqui de Araçatuba.

eu coloco aqui apenas uma foto, mas voces vão amar cada detalhe que eles bolaram. Desde a adega deslizante, a cristaleira com ilumação embutida, e eu nem vou mais dar detalhes, pois quero que voces deem cuma conferida.

Então vão lá no blog dar uma olhada!

editado: se vc clicou e o blog não abriu eu explico: o blog foi tirado do ar, pois a primeira loja, que fez tudo errado, ameaçou processa-la.

quer dizer então que a liberdade de expressão é so pra ingles ver?

pisos para áreas externas

Padrão

Pisos externos podem ser tão caros quanto os que escolhemos para dentro de casa. Aliás, até MAIS CAROS. 

Este aí acima é ladrilho hidráulico.

 Este tipo de piso deixa QUALQUER ambiente mais charmoso, mas e o preço hein???

 No topo da lista de desejos de todo mundo com esta onda do vintage, o ladrilho hidraulico encareceu tanto que so dá para usa-lo em detalhes… e pequenos… Bem pipol, isso no meu caso né? que sou uma pessoa de da classe mérdia, mas quem for milionário  pode encarar na boa.

 Os pisos que imitam placas cimentícias e pedras podem custar 130, 150 o metro quadrado, ou até mais. Mas são lindos! Já excluí da minha wish list tambem.

Perceberam meu segredo para ser feliz? Tá caro e não dá pra comprar? Não gosto mais. Pronto! Simples assim.

E andei vendo uns porcelanatos rusticos 15 x 15, lindos e caros. É o que a  maioria do pessoal que constroi em condomínios daqui está usando. Já vi em vários tons, dão a aparecnai de gastinho, mas não se enganem : é caro tambem.

Eu gosto de pisos como o que mostrei aqui, o da vilagres para area externa em formato de 12,5 x 25 ( o que nao deixa de ser uma lajotinha) assentado em formato de escama de peixe.

Mas marido não quer, diz que já foi dado o concreto com a espessura para receber pedra, e que se eu quiser piso tem que colocar mais concreto por cima. Então se eu optar pelo piso, que custa uma média de 26,00, mais 13 ,00 para assentar  e mais 5,00 de concreto para nivelar, dá um custo de 44,00 por metro quadrado; se eu colocar a pedra, que está a 1800, mais isso aí mais ou menos pra assentar, o custo é 36,00  por metro quadrado.

PAUSA PARA O MOMENTO CULTURA: minha amiga…meu amigo… se voces não forem bons em matématica, uma construção vai deixa-los craques nesta matéria.

 Voces tem que aprender a somar o custo de cada etapa, o custo de cada opção e ver o que é melhor. Se a cabeça estiver falhando, uma calculadora de 1,99 dá conta.

 

Eu tambem tenho que  riscar as lajotinhas definitivamente do MEU universo ( e aceitar isso, talvez com uma terapia de vidas lavadas e passadas a limpo), pois o marido não quer.

E o César diz que com o tempo elas estufam, soltam, encardem, gastam…

anyway, os dois não gostam, e se eu teimar em coloca-las eu até consigo, mas daqui a alguns anos irei ouvir o inevitavél:

EU TE FALEI…

Nesta fase eu tenho que optar pelo que for mais em conta e o que parece a luz no fim do tunel pra mim é o revestimento com os retalhos de pedra goiana. Já aceitei isso.

Agora uma conversinha mole que ouvimos muito quando vamos comprar pedras:

voce vai lá comprar pedra e eles querem te enfiar a mais cara que é a serrada.  a barata é o retalho, custa 18 pilas. a serrada é 50,00 e a serrada irregular um pouco menos.

Mas aí quem for te vender diz que se voce optar pela mais barata, o retalho, que voce tem que comprar 30% a mais porque perde muito.

Isso porque o assentador tem que desbastar cada pedra pra que ela se encaixe na outra e blá, blá, blá…

MENTIRA OK? a perda não é tanta. Pede o que voce precisa e depois, se faltar, pede mais.

Mas eu estava aqui pensando, e tem dia que eu penso tanto que minha cabeça dói…

olhem a figura abaixo: é retalho de pedra, o rejunte é de cascalho, e a pedra não teve que ser desbastada para encaixe…

então…olhem este assentamento abaixo e pensem comigo:  se esta pedra foi assentada LONGE DA OUTRA pois tem que deixar o espacinho pra afundar os cascalhos, não teve que ser desbastada, certo??

 então NÃO TEVE PERDA , certo???

então não é uma solução ??? ou pelo menos um solucinho????