já não sei quem sou, nem o que pensar…

Padrão

Eu sei quase não  falo dos problemas da obra.

Porque  parece que ao serem comentados, eles aumentam…Então me foco nos sucessos, no que ficou bonito.

Então às vezes dou a impressão que eu sou a Pollyanna,  com o jogo do contente. Pra quem se lembra deste livro que todos lemos no ensino fundamental a Pollyana aprendeu este jogo com o pai, uma vez em que esperando ganhar uma boneca ganhou um par de muletas. O pai lhe ensinou a ficar contente, pois não precisava delas…

Então é isso: vamos ficar contentes pois não há nada pior que gente mal agradecida no mundo; tenho trabalho, reformo uma casa linda, e o que é um cara me dando o cano de vez em quando ou grana de menos né? nada, nadica, nothing

e se outras vezes pareço a noviça voadora, com a cabeça nas nuvens, os pés fora do chão…

é minha válvula de escape, pois frequentemento me projeto para um lugar dentro da minha cabeça onde a reforma já acabou, e minhas (poucas) coisas  estão em seus ( minimalistas ) lugares, o piso brilha de limpeza e o quintal está lindo.

é claro que acontecem coisas erradas, gente me dando cano, grana curta,  mas adianta chorar e reclamar?

sou uma otimista incorrigível e mesmo vendo coisas assim:

olhem a porta do lavabo, não fecha pois esqueceram de medir a abertura da porta.

eu acho que no final tudo vai dar certo, pois não fui EU quem mediu.

estou esperando por uma solução, e TEM QUE FICAR PERFEITA, ou aí sim a cobra vai fumar…vou virar “A Zhorla”!

EDITADO AGORA:

a Filomena deu a idéia de uma porta camarão,e a Veruska , de uma porta de correr.

a porta de correr não dá ali, não tem um lugar PRA ONDE ELA POSSA CORRER ( não é brincadeira Uska!) mas a idéia da Filomena é bem consistente…)

Anúncios

Sobre coisadelilly

mulher, mãe e esposa, workaholic; uma inconformada com a situação mundial; uma pessoa que ama cães, caminhar, ir a liquidações, comer jujubas; viciada em seriados americanos; prendada mas sem tempo de colocar em pratica suas habilidades; desprovida de inveja e más intenções; uma pessoa que adora joaninhas, pink, flores, romantismo, craft, musica; um pé no presente, um no passado, a cabeça no futuro; uma pessoa nada facil; que tenta se livrar do saco de ossos de vidas passadas, que vive o agora; que esqueceu o que não devia e lembra o que não quer; uma pessoa na versão enciclopédica 2.0 que não pode ser resumida.

»

  1. Menina, que droga! Talvez a solução seja realmente trocar a porta, porque parece que mesmo diminuindo a pia pode não caber… mas de um jeito ou de outro vai dá certo! Olha, admiro pessoas como você. Tornam muito mais fácil a vida de quem tá do lado. Eu queria ser um pouco mais otimista. Eu sou tipo reclamona e O Namorado tadinho, que aguenta… rsrsrs. Se bem que como tenho reclamado no blog, tenho economizado a orelha dele e adorou! Hahahaha. Reclamo um bocado e depois… puff, passa… Mas antes tenho que reclamar! Rsrsrsrsrs
    Beijão!

  2. Oi lilly,

    Amo esse livro, Pollyana, todos aqui de casa já leram!!
    Sobre a reforma… Também procuro ver o que já está pronto, na minha reforma… Certas obras parecem eternas, mas é que ansiamos em ver os resultados.
    Rsrsrs… Minha cuba é igualzinha a sua e minha bancada de bege Bahia… Rsrsrs. Que coincidência! Para resolver o problema da porta, acabei por optar por uma de correr.
    Sucesso aí, bjsss

  3. Na medida da porta o que não se levou em consideração a medida da cuba(foi considerada a medida da bancada). A Filomena está certa a porta camarão é mais sólida que a porta de correr e oferece maior privacidade. Em reformas devemos contar com os imprevistos e com a grana que se gasta além do planejado. Boa Sorte!!!

  4. Ilusão a sua achar que pedreiro sabe medir. Ou calcular…. essas coisas mais intelectuais é a gente q tem q fazer mesmo! Os cálculos dos meus pisos deram errado 03 vezes! Até q agora sobraram 02 caixas fechadas. Tenho 03 peças de mármore que não couberam na minha porta principal, pq??? Pq n souberam me passar a medida correta e a loja n troca, pq foi sob medida.

    é assim. Fim dos tempos. Apocalipse. tá ouvindo as trombetas??? é o fim.

    Adeus.

    haaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!

  5. Bem legal seu blog.Pela foto, com certeza a única solução é a porta camarão, mas acho que vc deveria considerar uma cuba de apoio (as vezes conhecida como de sobreposição) da Deca, com arco duplo sem deck (L 106) e colocar uma torneira de parede. Ocuparia menos espaço e quebraria a monotonia das linhas retas.
    Com esta cuba de semi-encaixe vc não vai consegir trabalhar nese espaço de jeito nenhum, exceto, calro, se mexer na porta. Boa sorte!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s