Arquivos

Arquivo para a categoria ‘varandas’

uma varanda vestida de festa…

2 de agosto de 2012 25 comentários

Todos sonham com uma varanda em casa, uma area de lazer com espaço suficiente  para receber convidados, ou mesmo para relaxar no dia a dia.

Geralmente nossas varandas são decoradas com moveis feitos com materiais próprios para áreas externas como madeira de demolição, vime, rattan e que tambem sejam faceis de limpar.

A menos que a varanda seja fechada com vidros, todos sabem que é um lugar que suja MUITO, principalmente nesta época de agosto, com vento, poeira e fuligem da cana queimada.

Na minha varanda tenho tres áreas distintas: o sofá que fica em frente a sala de TV e é onde eu leio, bordo e interajo com os meninos enquanto eles jogam; uma mesa redonda de vidro e fibra sintética que fica em frente a sala de jantar e funciona como uma extensão quando juntamos a familia; e um jogo de cadeiras e banquiunhos na area da churrasqueira, reduto exclusivamente masculino.

Procuro não encher muito pois é um local onde eu lavo constantemente e dá um trabalhão arrastar moveis.

Mas hoje eu vou mostrar uma varanda que foi especialmente decorada para uma festa de familia, um noivado.

Pertence a uma estilista de Araçatuba, a Mara Maia, e eu pedi permissão para publicar algumas fotos para que voces vissem a criatividade dela em transformar uma varanda simples num espaço muito bonito e que abrigasse com conforto as pessoas.

Os moveis vieram de vários lugares da casa e formaram ambientes bem demarcados com detalhes preciosos.

A cor das paredes, quente e os tijolinhos do piso, já dão um ar romantico.

Na foto abaixo: poltronas de rattan, cadeiras de madeira e uma namoradeira formam este espaço.

A mesa de centro, baixa e robusta com arranjo de flores, suculentas e livros.

Neste outro ambiente, um sofá floral alegre, poltronas bege e cadeiras de madeira.

Um baú foi usado como mesa de centro  e como apoios laterais, malas e caixas de faqueiro empilhadas.

Aqui o detalhe das malas e caixas: elas apóiam aranjos, vaos se novamente, livros

Os livros deram o toque azul e tambem servem para dar altura aos arranjos de plantas

No gramado, mesinhas leves de madeira com vasos e garrafas com flores. Garrafas de cerveja mesmo, verdes, onde um botão unico deu a impressão de .

Ao fundo se vê uma romantica mesa em madeira com arranjos amarelos

veja a mesa em detalhes aqui:

em madeira, bem antiguinha, com detalhes em branco, os caminhos de mesa foram usados como toalhas, o que deu mais leveza.

A idéia é dar conforto e não atravancar o espaço com moveis grandes, para que so convidados possam circular na festa.

um detalhe precioso: na mesa de tronco natural, dois mini vidrinhos  turquesa com imensos botoes de rosas brancas.

sobre uma comoda antiguinha pintada em azul royal, uma mala turquesa cheia de vasinhos de margaridinhas.

 

uma vista de como ficou o arranjo da mala sobre o movel.

neste espaço já fora da varanda, no quintal, um banco de madeira. na mesinha lateral os livros deram altura ao globo

esta mesa veio da boutique da empresária.

Neste outro canto, uma mesa em ferro e tampo de marmore travertino, tambem decorada em amarelo.

Novamente dois caminhos de mesa em X demarcaram os lugares para os pratos.

No outro extremo da varanda, uma mesa em madeira com bancos e um arranjo  lindo de  flores em copos altos.

Jogos americanos em algodãozinho azul e branco e gerberas em cada guardanapo coloriram tudo.

Mais detalhes da mesa: copos altos com um botão cada.

e a delicadeza das gérberas.

E são muitas as fotos deste ambiente montado com tanto cuidado.

É claro que é muito mais facil fazer uma festa com descartaveis, alegando praticicidade, mas com um pouco de dedicação qualquer lugar fica lindo.

Busque lá nos seus guardados um objeto esquecido que pode enfeitar um cantinho.

Uma sopeira pode abrigar flores.

 Voce não tem os vidrinhos azuis mostrados acima? Taças de 1,99 com spray turquesa dão conta do recado.

E quem fez Direito tem a coleção toda do Silvio Rodrigues lindamente encadernada em azul…captaram?

Não é necessário que todos os moveis acompanhem uma tendencia.

Vale misturar materiais, tecidos e cores.

Colocar copos de cristais num aparador junto com castiçais que são pires de porcelana que perderam suas xicaras, e daí?

A comoda velhinha ganhando uma cor poderosa para destacar os arranjos florais.

O que eu quero ressaltar aqui é que tudo dá um trabalho danado: trazer cada movel, montar e decorar cada espaço, e cada detalhe (flores, malas, livros) inserido alí fez toda a diferença no resultado final.

Gostaram?

a varanda da Juju

27 de julho de 2012 22 comentários

aqui no blog eu criei a categoria Simplicidade só para destacar coisas que amansam nossa alma e o coração.

são ambientes onde o rustico e o simples entraram com refinamento, e mostram que na maioria das vezes o básico  não só facilita a rotina como tambem é um estilo novo de vida.

vendo aqueles ambientes, dá vontade de trocar nosso piso de porcelanato por aquele de cimento queimado, as paredes lisinhas pelas texturizadas u cobertas de tijolinhos, mas ficamos sempre na duvida sobre a escolha…

mas a cada dia me convenço que o simples e rustico são as melhoras escolhas.

e um dos lugares que eu adoro visitar é a varanda da Jussara Domene Gerke, uma paulista que se bandeou pra Salvador.

dona do famoso O Móvel, lá ela publica ambientes lindos e algumas coisas da casa dela.

e envolve as blogueiras e leitores numa conversa animada sobre casa, decoração, comida e amizade.

um dos destaques da varanda e quintal é a cor: terracota.

este tom dá um belo destaque na vegetação.

Jussara é dona de um jardim “selvagem”, entenderam???

é simplesmente o que eu adoro, nada muito planejado, apenas as plantas foram cescendo ali, felizes.

primaveras, hibiscos, samambaias que eram tão na moda lá nos anos 70 e sumiram do mapa e agora estão voltando aos poucos.

ainda bem, pois tem coisa mais facil de cuidar do que samambaia?

o piso é em pedra rustica sem rejunte que o marido que nivelar pois cria limo, mas ela acha que é mais natural assim ( e eu tambem acho)…

essa duplinha tem livre acesso a todo espaço e alegra a casa …

tons de vermelho e rosa aparecem em toda parte.

a mesa posta com capricho para receber os amigos, pratos coloridos e a promessa de uma tarde passada ali com conversa boa e a comida feita pelo Tunico

não é uma delicia de espaço???

um toque de antigo

9 de fevereiro de 2012 10 comentários

casas antigas chamam a minha atenção.

quando passeio de carro minha mente vaga solta. fico observando as casas, as cores, grades antigas.

gosto delas assobradadas, geminadas, com o desgaste natural do tempo, a hera crescendo pelas paredes…

eu sempre imagino como é a vida lá dentro.

algumas destas casas eu nunca esqueci, como uma no Higienópolis, pra cima da 9 de Julho, com uma parede tomada pela hera e um gatinho de porcelana branca no telhado.

pode parecer brega, mas fazia a casa parecer um cenário. eu passava por ali todo dia e não me cansava de olhar.

e tem coisa mais linda que um piso de tijolos ???

uma pérgula com uma parreira de uvas fazendo uma sombra fresquinha…

( ps: contei que vou ter uma parreira tb?)

Categoriasfachadas, varandas

sofá branco de novo, mas com um enfeite felino

28 de janeiro de 2012 12 comentários

esta semana eu tirei aquele tecido estampado que ja deu o que falar, de cima do sofá da varanda.

na verdade ele já estava cansando minha vista.

entraram em cena novamente meus velhos ( velhos mesmo, mais de 50 anos) lençois brancos bordados em richilieu.

desentoquei as almofadas que usei durante o inverno na sala de TV ( agora sao turquesa-marrom-cru) e deixei aquele canto da varanda mais suave.

quem gostou foi o Keith que se jogou em cima e tirou o maior soninho.

uma foto de pertinho deste gato safado que eu adoro:

impressão minha ou ele combinou super bem com os lençois e almofadas?

ps: keith sempre arruma o melhor lugar da casa pra descansar.  quando quero ficar bem é só procurar onde o keith está e me instalar ao lado dele…

banquetas novas para a churrasqueira

30 de outubro de 2011 27 comentários

ontem eu comprei 4 banquetas par a area da churrassqueira, estas:

eu comecei a decorar pelas poltronas e a mesinha e eram em fibra, então decidi manter o tom, comprando mesa de fibra e vidro, e as banquetas tinham que contiuar no estilo.

a harumi deu a ideia de fazer tudo em madeira de demoliçao.

mas alem de caros, moveisde madeira são pesados.

aqui eu lavo muito a varanda e como os moveis são leves, é facil retira-los para limpar.

e é logico que ELE foi conferir a qualidade.

inspecionou e saiu.

keith sabe que é star…

eu tive que arrastar a mesa de vidro um pouco mais para a direita, para o canto não ficar muito apertado

alheia a movimentação em torno de banquetas e gato, Loba descansava sereninha ali perto…

respondendo aos e-mails de leitores:

comprei as banquetas na Paládio moveis, aqui em Araçatuba, e paguei 150,00 cada.

“E quando chove a gente corre pra tirar tudo?”

26 de outubro de 2011 15 comentários

foi o comentário da Gleyci sobre as varandas que postei …

e eu respondi: É Gleyci, tira tudo!

mas ontem não deu tempo!

aqui em Araçatuba fechou o tempo e armou o maior temporal e eu pensei “quidó, quidó, quidóooo” da minha casa que a faxineiraestava deixando tão limpinha pra ser açoitada ( nossa que cruel-uelll-uellll) por um vendaval de terra depois.

mas aí c h o v e u !!!! uma chuva forte que desceu lavando telhados e muros ( so que a terrinha ficou toda no quintal e calçadas) mas menos mal né?

apagou a terra, mas aí foi aquela chuva de vento e eu fiquei pensando se o filho numero UM e a faxineira lembraram de arrastar o sofá e o pufe (estes aqui) para perto da porta da sala de tv.

hummmm, então tá que lembraram!

molhou tudo! e ainda bem que o sofá não está com a forração definitiva, só o tecido por cima.

então é so esperar o sol sair, colocar no meio do quintal pra secar e eu aproveito tambem pra lavar o tecido de cima etc…

mas já começo a pensar numa solução para preservar pelo menos aquela área.

como não quero o vidro pensei num toldo que ficasse escondidinho no madeiramento e que ao menor sinal de perigo ele TA-DAMMMM, descesse!!! salvando assim meu sofá!

até meus quadrinhos ficaram de-sa-li-nha-dos com o vento!

fui pesquisar e achei toldos verticais, toldos com braços retrateis, toldos com braços tensores…

acho que o indicado aqui em casa é o toldovertical, já que os outros são usados quando a intenção é proteger do sol.

este abaixo é de um material que tambem impede a visibilidade…não gosto muito, pois o que eu quero é me proteger da agua.

quando a foto de dentro para fora fica-se com a impressão que é o mesmo tipo de toldo e que dá pra ver atraves dele…será?

em tecido cristal ( é assim que chamam o plastico grosso_tecido cristal_ deve ser pra encarecer o produto), olhem como toda a varanda ficou protegida.

este abaixo tem uma moldura numa lona bege e o centro é de plastico grosso.

eu gosto assim, pois não impede a visão do quintal.

abaixo mais toldos transparentes…não comprometem o visual da casa.

aqui nem se ve o rolo onde ele se esconde.

que quintal mais lindo hein?? piso em tijolinho ceramico, arvores, vasos…um sonho!

e olhem ali o toldo transparente!

entãoagora antes de qualquer outra coisa, vem o toldo.

ele é mais necessário até que a jardinagem, já que o periodo de chuvas esta chegando.

editado: os leitores estão colaborando e enviando dicas e sugestões:

a jane , do Casa e Reforma e da lujinha Chá das Cinco tambem está procurando toldo, mas disse que o tal cristal não é assim como anunciam. é caro e suja facil.

a Luciana disse que tinha toldos e até são praticos, mas para desenrolar exigem uma “pequena força” ( hummmmm). Tambem requer uma forcinha para prende-los nos ganchos do chão (hummmm duas vezes) e quando ficam muito tempo enrolados empoeiram. hoje ela tem paineis de vidro.

a laila ( sitio bela vista) diz que se eu morasse em Brasilia onde sabe-se direitinho quais meses iria chover era so deixar a varanda 4 meses sem moveis e pronto!

varanda de sonho

25 de outubro de 2011 14 comentários

linda e aconchegante…

e como diz a Gleyci: e quando chove, a gente sai correndo e tira tudo?

tira sim, Gleyci.

isso em todo lugar, pois quando vem a chuva de vento molha sofás, cadeiras, mesa.

aqui eu saio arrastando o sofá, as poltronas e a mesa com as cadeiras.

a unica chance de nao molhar é se a varanda for fechada com vidro o que não é o caso aqui.

na verdade dá pra ser feito isso no futuro, já foi previsto.

mas eu não sei se quero MAIS este limite.

eu ja tenho as paredes …com o vidro eu me sentiria limitada.

mas não vou afastar esta possibilidade

Categoriasvarandas

uma pequena varanda

22 de outubro de 2011 3 comentários

um espaço que sobra perto de uma porta ou janela dá ptra ser modificado.

aqui pergolados com lona e treliça deram privacidade a este canto.

plantas,um sofá confortavel.

precisa mais?

de Micasa.

Categoriasvarandas

e a parede da varanda já está mais engraçadinha…

16 de outubro de 2011 22 comentários

comprei estes quadros da Monica Carli, uma artista plástica daqui de Araçatuba.

eu queria palmeiras ou aves, abacaxis, sei lá em moldura demadeira.

mas achei estes peixes tambem…entao fiquei com dois peixes e duas palmeirinhas.

este sof’á nao foi forrado, ele está so coberto com 3,5 m de crepe de malha e foi fixado com alfinetes de fralda.

encapei tambem um pufe que estava no quarto do UM e vivia cheio de roupa e livro em cima. ( usei 1,35 de malha).

achei uma solução baratésima pois para forra-lo nao vou gastar menos de 500.

e voces sabem que eu gosto de improviso ( mr husband torce o nariz pra isso)

a mesinha ali do lado é aquela que eu comprei na ACREPOM por R$ 5, reformei  e pintei de branco.

neste mes que f iquei em casa,  eu pintei de marrom escuro e nao gostei.

depois pintei de bege brastemp. na sexta feira usando a esponjinha suja de tinta esmalte eu consegui chegar na cor dos outros moveis de fibra.

a Loba quis aparecer nesta foto, enciumada do destaque que o keith vem adquirindo nos ultimos meses.

não consegui pegar a area da churrasqueira junto…

antes e depois de uma varanda sem graça

24 de julho de 2011 10 comentários

uma varandinha assim, com este excesso de “sem-graceza” é a coisa mais fácil de se ver por aí.

a pessoa até começou a decorar, comprou uma arvorezinha, um vasinho e depois desanimou…

 

O DEPOIS:

o piso feioso foi coberto por um deque de madeira, e a pérgola deu uma aparencia de aconchego.

a arvorezinha ficou por alí mesmo mas num vaso de tom terracota

uma *escultura de ferro enche a parede lisa. (* segundo a leitra Monica, da Saccaro)

um conjunto de bancos e poltronas de madeira, lanternas, almofadas coloridas…

e a varandinha sem sal ficou linda.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 586 outros seguidores