Arquivos

Archive for the ‘sonho de consumo’ Category

sorteio de um relógio Contact

15 de junho de 2013 91 comentários

Pessoas, eu bem que queria ficar com o relógio, mas acho que voces  que acessam os meus blogs merecem este carinho.

Então o sorteio é simples:

deixe UM comentário neste post dizendo que quer ganhar o relógio, com e-mail e cidade.

2013-06-13 19.14.30

e boa sorte!!!!

ps 1-válido para o território nacional, pois o bloguito tem leitores por este mundão afora.

ps2-minha amiga Virginia perguntou se é necessário ser blogueiro para participar, e NÃO,  não é encessário…isso é para so leitores do blog, sejam eles blogueiros ou não.

Categoriassonho de consumo

Le corbusier

29 de outubro de 2011 2 comentários

Esta chaise do arquiteto Le corbusier é um dos meus sonhos tambem

lecorbusier

Um dia eu descobri que ela custa mais barato que eu imaginava…

ou seja…nem tudo o que eu quero é inatingivel

Categoriassonho de consumo

inspiração pra hoje

2 de junho de 2010 7 comentários

uma entrada florida, um caminho de tijolos, um cachorro esperando o dono…

não tem nada mais Home Sweet Home que isso!

Categoriassonho de consumo

um quarto de sonho

27 de maio de 2010 5 comentários

quem nunca quis ter um quarto com sala íntima??

encontrei este lindo!

só podia ser obra da Sarah Richardson!

um detalhe da cabeceira:

achei bem feminino ( confesso so pra vcs: tanta doçura me enjoa: faltou uma cor fria…forte…de impacto, seiláoque…)

Sem tempo pra nada

28 de janeiro de 2010 3 comentários

É como eu vivo. Sem tempo, e às vezes sem saco e sem paciencia tambem.

Não se esqueçam que eu vivo “presa-reclusa-enclausurada” das 8 as 12 e das 14 as 18.

Então no pouco tempo que me sobra ou seja, meu horário do almoço e aqueles minutinhos depois que saio do trabalho em que as lojas ainda não fecharam, mas já estão com meia porta baixada, eu resolvo minhas paradas.

Aliás é revoltante: PAUSA PRA RECLAMAÇÃO DA BLOGUEIRA:

quem é que vai comprar material de construção, roupa, sapato, o escambau  8 da manhã?  Nobody, people!!!

Então porque não abrem mais tarde e fecham mais tarde tambem?

Ahh abrir mais tarde,  eles abrem; às 9. Mas experimenta chegar numa loja às 17:55 pra ver a cara de bunda que as vendedoras fazem!

Se fechassem às 19 horas, ô beleza!acaba minha correria!

FIM DO CHORORÔ

Mas enfim, meu horario de almoço é uma maratona, onem passei na Construforte e peguei as pastilhas 10 X 10 que mudaram minha opinião em relação a churrasqueira. Em seguida subi mais um pouco e fui na Fissare Moveis e Design, alí na Rua do Fico .

A loja abriu a poucos meses mas eu ainda não conhecia. Uma loja linda, grande, com ambientes de bom gosto.

Para minhs surpresa, quem me atendeu foi uma moça que conheci durante minhas caminhadas. E eu que até troco e-mail com ela e não sabia que a menina trabalhava lá. E depois quando eu falo que sou uma desatenta voces não acreditam né?

Fiquei um tempão olhando tudo, vendo preços, e conversando com a Maristela.

Algumas coisas achei num preço muito bom, como uma mesa de jantar quadrada (1.200), mas todos os sofá qeu gostei estavam bem acima do que eu me propus a pagar pelo da sala de TV. Em compensação combinam bem com a minha sala de estar. Infelizmente não é agora que ela será decorada.


-

Voces podem pensar que estas fantasias minhas me fazem mal depois, mas não. Eu li esta semana ( e eu já sabia disso a seculos) que fantasiar é excelente contra o estresse. Tá estressada? vai viajar na maionese!

Minha imaginação voa longe e faço meus castelos de areia, e mesmo que não dê totalmente certo isso me dá mais animo pra alcançar minhas metas. Quem, segundo minha amiga Gel, corta minhas asinhas e joga baldadas de agua nos meus castelinhos de areia, é mr. Husband. Mas eu entendo o jeito dele ser e até sei a solução:

ELE PRECISA SONHAR UM POUCO E SER MAIS BEM HUMORADO!

Com coceira de gastar

8 de janeiro de 2010 9 comentários

Enquanto Mr. Husband não está por perto, eu apronto das minhas.

O tempo livre é pouco, mas aproveito cada minuto dele. Vou ver moveis, faço planos, castelinhos de areia que depois ele derruba com um balde de agua, mas tudo bem, eu preciso disso mesmo pra me manter com a cabeça fora da agua. É como se estas coisinhas, estes planos me aproximassem mais do dia da mudança.

Ontem eu fui trocar uns tapetinhos de tear que ganhei. Eles eram em bege/amarelo e bege/verde e não terei nada assim na minha casa.   Troquei por bege e preto ( banheiro dos meninos) e dois em azul, e ainda um grande em marron e bege que vai em qualquer canto.

Na volta passei na Viena Moveis lá na rua Bolivia. Araçatuba tem lojas de moveis ótimas, e eu coloquei na cabeça que preciso montar pelo menos uma sala, a de TV.

Então preciso de um sofá bacanudo em L e um rack para TV. Só isso, estão vendo??? Eu sou mesmo baratinha.

Só que chegando lá eu quasei deixei um rastro de baba nos moveis!

Vi uma sala de jantar quadrada com tampo de vidro preto, linda, de chorar sentada na sarjeta.

Aí comecei a ver sofás para a minha sala e … já pedi pro rapaz dar uma passada na obra, medir tudo e me dar umas dicas.

A loja não tem site ( embora eles digam que tem, acessei e deu erro) o que é uma pena, pois os moveis são lindos.

Hoje em dia todas as lojas de móveis tem site ou blog ( Aimar, Fissare, Modelo Design, Empório Casa…) e se não tiver, tem que providenciar. Porque o que não está na net, não está no mundo.

Mas eu consegui uma foto dos moveis da Viena, de uma exposição recente que fizeram no Araçatuba Shopping.

Lindo não? era só o que eu precisava!

tulipas

21 de abril de 2009 7 comentários

elas são uma gracinha…

conhecidas como tulipa ou saarinen são copiadas e recopiadas no mundo inteiro.

eu acho o simbolo de design limpo

tulipa780 na Desmobília

saarinen-jantar-oval-carrarauns quase 2000, em qualquer lugar…fora as cadeiras, que não pode ser qualquer uma…

Ahhh uma duvida…ela parece fragil…se o cara tem aquela mania de apoiar os cotovelos, ela vira?

sorry, mas eu tinha que perguntar…

Resumo da Reforma

5 de abril de 2009 4 comentários

Poupando-os dos detalhes dolorosos ( e por isso entenda-se: comprar a casa e só recebe-la depois de muitos meses, depenada sem os lustres e com um cachorro, ficar sem grana,  vender a casa da Rua  José Bonifácio pra não ter que aluga-la e ser USURPADA pela compradora, me mudar duas vezes, ter amigos do alheio invadindo a obra tres vezes, etc…etc…), a reforma entra agora na fase final.

A primeira ( e maior) briga foi a decisão pela planta da reforma.

Mr.  Husband era a favor de fechar a cozinha que É (e continuou!!!!yehhhhhhhh!!!) aberta com a sala de jantar.

Mas foi justamente o que me atraiu na casa !!! então, batí o pé e chorei e com a ajuda do Cesinha (padrinho-compadre-engenheiro) prevaleceram todas as MINHAS opiniões.

Eu sou fogo né?

Aí me retirei discretamente e deixei marido tocando a obra pois destroços não me excitam em nada. Aquela fase do quebra-quebra, comprar cano-tijolo-cimento não é comigo. Marido se encarregou disso tudo.

Fiquei tão ausente que um dia fui ver o telhado e o empreiteiro me barrou pois não sabia quem eu era, rsrsrsrsr.

Quando me apresentei ele disse: “Ói dona, a senhora é a primeira dona de obra que nunca veio aqui atazanar a gente”. Respondi que meu marido havia dito que ele era muito bom no que fazia e não precisava de palpites. Isso inflou o ego do carpinteiro pro resto do ano.

Então agora está chegando a fase que realmente me interessa, que é:

O ACABAMENTO.

agora eu tenho que colar no maridón senão sai tudo do jeito que ele quer.

Já fui ver o gesso, e tenho que me decidir pelos pisos.

O César já deu a metragem de tudo, só tenho que ter o dinheiro pra comprar.

Já tem pintor rondando feito urubu, entrando na obra e deixando orçamentos ( um deixou um orçamento de 14 mil reais, fala sério, ele fez artes plásticas é? vai pintar alguma obra abstrata lá?).

Um dos meus problemas ( alem de falta de grana) é o tempo pra sair e ver material de acabamento. Trabalhamos o dia todo e só temos o sábado.

Ajudaria pra caramba se mr. Husband lesse alguma das revistas de arquitetura e decoração que compro. Mas ele acha aquilo tudo “frescura”.

E não é. Revistas sempre trazem novidades sobre pisos, texturas, cores. Ensinam, divertem, adoro e não fico sem compra-las. Casa Cláudia, Casa e Jardim, El mueble, Micasa…tenho montes e adoro folhea-las.

Frescura ou não, eu e a cunhada nos deliciamos com uma revista só de varandas e piscinas que comprei em fevereiro.

SONHAR É DE GRAÇA!

Categoriassonho de consumo
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 616 outros seguidores