Arquivos

Archive for fevereiro \28\UTC 2011

fossas

28 de fevereiro de 2011 23 comentários
eu tinha uma duvida muito grande em relação a este assunto.
mas  foi tão bem solucionada que resolvi transcrever aqui  o artigo da Karlene.
Tipos de fossa, instalação e manutençao adequadas.
“Olá, meu nome é Karlene e trabalho na Desentupidora 18 do Forte, quero agradecer a Lilly pelo espaço e contribuir com o blog passando um pouco da minha experiência com fossas e tirar algumas dúvidas sobre essa parte tão importante de um reforma ou construção.
A fossa nada mais é do que o local onde são despejados todos os resíduos de uma habitação. Normalmente as pessoas ficam na dúvida sobre qual fossa escolher para a sua casa, qual seu custo benefício e qual os perigos que essa escolha pode representar para sua saúde. 

Os tipos de fossa mais conhecidos são fossa negra, sanitária, seca e séptica. A fossa negra é aquela escavação sem nenhuma cobertura interna onde os resíduos caem no terreno, ocasionando a infiltração e a decomposição no solo. A sanitária consiste em uma escavação onde despejam resíduos, fezes e urina, normalmente de casas em locais que não possuem sistema de esgoto.

A fossa seca nada mais é do que um compartimento feito no solo, abaixo do vaso sanitário, na qual os resíduos são depositados. Normalmente utilizada por pessoas com menos recursos financeiros e em áreas mais isoladas.

E por último a fossa séptica que é um compartimento subterrâneo, onde acúmulos de esgotos ou de condomínios são digeridos por micróbios, resultando em um líquido que deve ser dispensado em um sumidouro. Entre todos os tipos mencionados de fossa, a séptica é a única forma correta de armazenar os resíduos de sua residência.

A instalação da fossa é feita  através de canalizações e caixas de concreto. Para uma maior segurança, as tampas devem ser reforçadas, pois as caixas necessitam de manutenção. Ela deverá obter pelo menos um tubo aberto para o exterior, onde será feita a saída dos gases e será feita a entrada de ar. É importante que águas do jardim, de chuva, não sejam escorridas pelas instalações da fossa. Uma regra importante que nem sempre é respeitada na hora da instalação é: nunca coloque água da pia, tanque ou qualquer outra fonte com produtos quimicos como sabão ou detergentes pois estes produtos matam os micróbios responsáveis pelo funcionamento desse tipo de fossa, sem eles a fossa pode intupir causando sérios problemas.

A manutenção das instalações de esgotos é de responsabilidade de seu proprietário. No caso da caixa de gordura, a limpeza deve ser feita semanalmente, enquanto que em outras instalações qualquer vazamento representa um grande problema a saúde. Em todos os casos, é necessária a limpeza adequada feita através de profissionais do ramo.

O valor médio de uma fossa séptica gira em torno de 1.300 reais, isso dependendo do tamanho e do formato de sua fossa. As outras três fossas possuem um custo bem mais acessível, pois você só pagará pela escavação do buraco em seu terreno, porém o custo benefício é bem maior para aqueles que optaram pela fossa séptica que além de mais higiênica é muito mais segura para sua saúde.

Se vocês tiverem dúvidas eu terei maior fazer em responder aqui nos comentários.”
PS: o Denis está acompanhando o blog e respondendo todas as duvidas qeu aparecerem.

erros e acertos

28 de fevereiro de 2011 9 comentários

voces sabem que aqui eu prefiro falar do que não deu certo, porque o que dá certo, dá pra todo mundo não é?

então se voces se lembram eu dizia que não queria nem lixinho de pia nem escorredor de pratos em cima da minha pia pois era muita informação?

eu queria usar a cuba da esquerda para colocar a louça limpa e sta cuba nunca seria usda pra nada gorduroso, no máximo lavar uma fruta ou verdura.

mas não deu certo e os meninos juntavam copos e pratos em cima do balcão, então comprei o menor escorredor de pratos que achei:

ele até tenta ser digno, mas muitas peças pequenas escapam alí pela parte da frente, se quebrando.

então preciso comprar um novo,  pequeno tambem, mas fechado ali naquela parte curva, ou mr husband vai acabar com meus copos e xicaras.

ahhh e eu não queria lixinho…então primeiro usava uma latinha de molho de tomate vazia que ía depois com os dejetos pro lixo, ou um saquinho…

aí usei o lixinho véio, horroroso, mas sempre procurando a menor lixeira possível até qeu sábado eu achei a lixeirinha kirk da OU, que tem no máximo 25 cm

e faz conjuntinho com meu porta talher da Ou tambem.

então é assim: nem sempre a gente acerta de primeira, mas vamos convivendo naquele espaço e sentindo o que cada canto precisa.
e acreditam que fez 3 meses que eu moro aqui??? e ainda o mr husband não instalou o “pendurador de vassouras” nem as mangueiras flat hose que ele comprou no polishoppontocompontobeérre.

algumas coisas dele ainda não acharam seu lugar definitivo ( depois EU que sou a tranqueirenta).

o passatempo dele é RE-CLA-MAR.

Reclamar dos armários, da pintura, do piso, da falta de ar condicionado, do barulho dos ventiladores de teto, da cachorrada da vizinhança, da maquina da piscina, do vendedor da piscina que ficou devendo 1500 pra gente referente ao filtro ultravioleta mais e a capa protetora e NÃO ENTREGOU NEM DEVOLVEU A GRAAN ( aí ele reclama com razão né?) de tudo…enquanto eu…

eu convivo tranquilamente com isso tudo mais a parede da sala de jantar descascada por causa daquele vazamento do cano de agua quente ( lembram?) com meu pintor que sumiu sem acabar algumas portas e paredes ( mas agora colocando as pedras é até bom que ele não venha), e me contento em limpar minha casa com todo amor, trocar a colchas do sofá da varada, por flores frescas todo dia naquele mini açucareiro, arrumar gavetas…não reclamo e acho que tudo um dia vai pro seu lugar.

bem, pelo menos o que é meu já está…

editado:

a arquiteta Cris Araujo mandou uma foto de um escorredor da Coza que quase não ocupa espaço e que se encaixa no que a gente quer: desocupar o balcão e usar a segunda cuba apenas para louça.(poderia ter suporte de pratos né Cris??).

A Cris tem um blog excelente com a seção “casa do vizinho” onde podemos enviar duvidas.

 

Categoriascozinha, idéias

o eucatex perfurado de novo!

28 de fevereiro de 2011 5 comentários

depois que a Marluce mostrou a oficina dela e do Zé todacom paineis de eucatex perfurado, eu fiquei de olho em novos usos pra este material.

olhem que bacana um calendário semanal : é so demarcar com fitinahs de cetim e pregaros dias da semana com mini pregadores de roupa

pra guardar nossas bijoux….

e na cozinha.

e tem milhares de usos pro eucatex perfurado ( ou pegboard) : para ferramentas e apetrechos de jardinagem, organizar coisas de bebes, artigos de escritórios, material de artesanato…

Categoriasidéias

mais sobre as diferenças

27 de fevereiro de 2011 3 comentários

ainda sobre o post abaixo, a maioria se manifestou a favor de ambientes mais clean e MAIS FÁCEIS DE LIMPAR.

é isso gente, no dia a dia o romantismo perde pra praticidade.

quem quer ficar deslocando trocentos bibelos pra tirar o pó?

então procurei dois ambientes lindos e bem diferentes.

o primeiro do meu blog-love black, white & yellow.

a fofa Jess is a beautiful girl, e coloca coisas que eu babo.

X

e este, menos “entupetado” (epa, esta palavra existe?) mas mais romantico.

branquiho e azul lavado, hortensias e enfeitinhos…

este ambiente eu tb encarava.

porque ainda não é tãoooooo lotado de informaçao.

Categoriasdecoração

um longo devaneio seguido de uma pergunta

25 de fevereiro de 2011 13 comentários

depois do milésimo post lá do Coisa de Lilly, quando eu publiquei uma foto “so shabby“do keith entre lençois bordados, me deu uma saudadinha e voltei a visitar aqueles blogs escandinavos que mencionei.

fiquei olhando as fotos e minha cabeça trabalhando a 180 por hora como é de costume.

e fiquei aqui pensando: porque será que por lá as pessoas ficam entupetando as casas de enfeitinhos e babadinhos?

tudo parece tão lotado…

vejo uma bancada de cozinha como esta abaixo, cheias de potes  e acho lindo, mas tambem penso como gosto de ver as minhas bancadas limpas e sem nada em cima

ou vejo em cada canto estantezinhas com quinquilharias, quadrinhos, penduricalhos…

jarrinhas com cara de coisas que a minha avó tinha ( ou seja, coisa  véia mesmo!), almofadinhas floridas e de coraçõezinhos.

vasos cheios de flores do jardim da casa, e eu percebo que agora sempre que saio na rua com a Loba, pego florzinhas da calçada e coloco naquele açucareiro antigo e sabem o que acontece?

no dia seguinte elas morrem!

e eles tem um jeito bacana até de marcar o numero da casa:

aquele povo tambem cozinha e tira foto das comidas…

então em meio a xicrinhas brancas e potes antigos vemos os macarons, os paes, e geléias.

esta moça, a Mia da Lilla Blanka fez geleia de ruibarbo.

r u i b a r b o !!! o que será isso? fui pesquisar o que é  e dizem que parece com a taioba ( que se parece com a couve, e é como a magda cotrofe que parecia com a luiza brunet …mas a luiza é a luiza e a magda é quem messssm?) e que tem cheiro de maçã ( o ruibarbo e nao luiza e magda).

se tem cheiro de maçã já comecei a gostar da tal folhagem.

e se voce mora aí na zoropa ( oi Liliane minha sobrinha, vá correndo comprar ruibarbo!) pode comprar um maço por menos de um euro e fazer uma tortinha com ele.

ahhh e as casas são brancas e os moveis tambem são brancos e levemente desgastados, há até leves toques de outras cores, mas são cores lavadas, desmaiadas.

há peças em ferro (sempre com aspecto velhinho e enferrujado, claro) por todos os cantos…

e eu pergunto ( ahhhh finalmente eu páro de devanear e vou fazer a tal pergunta):

porque este povo escandinavo se dedica a este tipo de decoração?

nào dá a impressão de que eles ficam assim, pensando: hummmmm esta mesinha com estes jarrinhos, hj vou encher de xicrinhas com perolas dentro e  fotografar…

ou que ficam catando coisas velhas na rua e enchendo o a casa de cacarecos?

aqui onde moro um movel descascado é sinal de pobreza e da vez que eu trouxe um trem véio ( do you remember da janela que virou espelho? ) ahh  mr husband quase me esfolou… ainda bem que deu certo e deixou o hall lindo senão eu estava ouvindo a ladainha dele até hoje.

na verdade pípol, acho que eles se dedicam as casas pois o inverno lá é rigoroso, então não tendo este solão e calor que temos aqui  pra curtir, eles ficam lá em seus cantinhos shabbys, brancos e aquecidos desenvolvendo seus talentos.

que vão de enfeitar a casa a cozinhar, tudo devidamente fotografado.

opa, é impressão minha ou eu respondi o que eu preguntei?

anyway, a categoria deste post é filosofando blá blá blá…e o que é a filosofia senão isso que fiz não é?

mas ainda assim quero ler o que voces acham disso.


Categoriasfilosofando ...

quinta, dia de pagar o IPVA

24 de fevereiro de 2011 8 comentários

*estou aqui fiscalizando a colocação das pedras do quintal, limpando a casa, a roupa tá na maquina, to postando no blog e respondendo e-mails, e através de um e-mail da Mila fiquei sabendo que ela e uma outra amiga nossa a Sheylinha Bebe estão gravidinhas e eu fiquei super feliz por estas amigas minhas e que embora longe dividem ste momento comigo, e comecei a fazer o almoço tambem, tudo ao som de Laura Pausini ok? que minha vida tem trilha sonora.

*sapeio blogs alheios e DESTACO:

no blog do Augusto dois posts chamam a atenção:

o post Comida, voce tem fome de que? fala de desperdício e desnutrição; e tambem tem uma chamada bacana para o Curso Online de Educação Fiscal. corram lá pipol e vejam o filme . sao boas informacóes boas que ele esta passando e não podemos deixar escapar a chance de aprender não é?

*tec-tec-ploc-ploc-tunc-tunc …

agora estes sons fazem parte da minha vida, mas o quintal tá indo, e a isso se junta o radin de piía e o toque do celular do pedreiro que é…STEREO LOVE…

OHHH PIPOL, EU VOU ACABAR ODIANDO ESTA MUSIQUINHA DA QUAL GOSTO TANTO.

*pago o IPVA emputecida. porque 50% DO QUE EU PAGO VOLTA PRA MINHA CIDADE  E Araçatuba está se afundando em buracos e nada está sendo feito.

alguem (provavelmente um dos politicos não eleitos neste pleito) fez um adesivo e está distribuindo pra quem quiser:

VISITE ARAÇATUBA ANTES QUE ACABE.

VOU TRATAR DE GARANTIR O MEU ADESIVO.

Categoriasamigos, filosofando ...

cinza

24 de fevereiro de 2011 10 comentários

muitas pessoas caem aqui atraídas pelo cinza, uma cor que eu aprendi a gostar, porque inicialmente esta cor me dava nos nervos.

achava o cinza “a cor do nada”…( hoje sei que a cor do nada é outra…), que era fria, etc.

mas hoje o cinza pode ser quente se estiver de conversa com o amarelo ou o turquesa…

daqui pra baixo, este post cresceu a partir da colaboração da Cesarina Vilanova, que tambem ama cinza e me mandou combinações lindas desta cor com amarelo e rosa.

 

 

obrigada Ce!!!

uma das coisas que aprecio na blogosfera é esta troca e informações sem ciume nem frescuras…

Categoriascinza
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 658 outros seguidores